Isso é viver…!

Para a criança cada dia é vivido como único e aproveitado plenamente.

Alguns lutam contra o sono, não querendo dormir, para não perder tempo e brincadeiras.

E quando começam a entender, a questão do tempo, acabam achando que quando tiverem 10 anos, irá poder ter celular, quando tiver 15 anos vai poder namorar, quando tiver 20 vai poder passear sozinho, e quando tiver 25 vai poder ter seu próprio carro e quando tiver 30 vou comprar minha casa e quando tiver 35 anos, vou casar e assim vai…

A vontade de querer crescer para poder fazer coisas que não podem ser feitos quando criança, causa uma expectativa e por diversas vezes nos questionam para saber, quando poderão fazer algo que hoje não podem.

Quem determina o tempo, a idade, as permissões, é baseado nas experiências da vida, a rotina, o bom senso dos pais ou responsáveis e o histórico familiar e o ambiente também influenciam diretamente.Por exemplo qual a idade que você deixou ou deixará o seu ter um tablet?

Com 4 anos a criança lê ou sabe manusear?

Se interessa por jogos eletrônicos?

Fica quieto e para de mexer em tudo?

Fica por horas entretido jogando!

Então, a primeira pergunta a se fazer sobre a liberação do tablet, qual é a sua intenção quanto a utilização por uma criança.

É importante que a criança explore o meio em que vive, brinque, caia, levante e seja estimulado.

O fato que os pais colocam a falta de tempo como empecilho para não ficar mais tempo com os filhos, para alguns é verdade e para outros desculpa, pode fazer com que a liberação do aparelho se torne vício e a criança perde o encanto em outras atividades que não seja as do tablet.

Se a criança já apresenta interesse por eletrônicos, o que hoje é muito mais comum, os pais e responsáveis devem limitar o tempo de utilização para que não atrapalhe a rotina.

Fique alerta ao excesso da utilização que é crescente o vício em jogos e internet  entre crianças e adolescentes.

Equilíbrio quando se trata de educação é a melhor opção e apresente o mundo que você gostaria que seu filho conhecesse e lembre-se que é a partir dos pais e responsáveis que a criança conhece o mundo.

Um abraço fraterno

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s